crescercomcristo

Just another WordPress.com site

Arquivo para a categoria “Uncategorized”

Por um Brasil Melhor

corrupto corrupcao

 

Os versículos que você lerá a seguir, são da versão da Bíblia Viva , escolhi essa versão para esse texto porque a linguagem é de muito fácil compreensão:

“Quando o governo é formado de homens justos e honestos o povo vive feliz, mas quando os líderes de uma nação são maus e desonestos o povo chora de tristeza.” Provérbios 29:2

“Um rei justo e honesto ajuda seu país a crescer e viver em paz; o rei que quer ficar rico às custas do povo acaba destruindo sua nação.” Provérbios 29:4

Acho triste tudo que estamos vendo acontecer em nosso país, previsível, porém triste. É tanta gente chegando ao poder para roubar mais, ganhar mais em cima do povo, que fico impressionada. Não sei pra que tanto, pois vemos casos de políticos que mesmo que vivessem por cem anos, ainda assim não conseguiriam aproveitar e usufruir de tudo que o roubam. É dinheiro dentro e fora do país, em paraísos fiscais e em nome de tanta gente usada como laranja, praticamente um pomar.

Hoje mesmo fiquei sabendo de um que colocou bens em nome de vários laranjas, e depois que ele faleceu a família foi tentar tomar posse dos bens, mas os laranjas ganharam na justiça. Ou seja, o cara roubou, roubou, não podia usar tudo, nem a família conseguiria usar e depois ainda ficou para os laranjas (e viva o pomar!!).

 Não falta dinheiro para hospitais, creches, escolas, casas populares, rodovias melhores. Na verdade o dinheiro é mal administrado, desviado e transformado em imóveis de luxo, carros de valores exorbitantes, viagens à nível de realeza, obras de arte, jóias e muito mais.

Tudo isso às custas de gente que sofre todos os dias e não vê o país melhorar.

Gente que se esforça e talvez nem perceba que boa parte de seus esforços é para pagar impostos. E esse dinheiro vai se perdendo ao longo do trajeto, parece chegar à todos, menos aonde realmente é preciso.

Ninguém quer perder, na verdade nem é perder, é ganhar o justo. O justo não satisfaz, não é o bastante (o bastante pra essa gente é sugar tudo o que puderem e não deixar nada além de falência e desolação), se há dinheiro do povo circulando, sempre há alguém querendo ganhar.

Há uma concorrência sendo feita para um novo projeto? Dá-lhe propina para sair na frente. É preciso aprovar algo? Propina para facilitar. Assinatura num contrato? Sem propina, nem pensar.

É “operação isso”, “operação aquilo” e não estamos falando de cirurgias, mas de investigações para desvendar esquemas fraudulentos milionários, onde o dinheiro do povo, vai para muitos, menos para benefício do próprio povo.

Os brasileiros reclamam de seus governantes, mas parecem se esquecer de quem os colocou lá. As pessoas ainda se deixam enganar por discursos manjados e estratégias repetidas à exaustão com o objetivo se serem gravados na mente do povo como verdades absolutas. É como um ladrão preso em flagrante, mas que afirma até o fim ser inocente.

Tenho a impressão de que as pessoas preferem ouvir uma mentira atraente do que uma verdade simples.

“É calúnia, é mentira…tramaram contra mim” “Eu luto por vocês”, agora imagine esse discurso junto a feições de “oh pobre de mim que sou tão inocente” e algumas vezes até com o visual renovado, pra ajudar a apagar qualquer imagem anterior na mente da população (que convenhamos tem memória curta mesmo e na hora  do voto só quer se livrar da obrigação e reclamar depois). “Ah mas eu votei nulo” “Eu votei em branco, a culpa é sua que votou no Fulano de Tal”. Na verdade é de todos, inclusive sua (ok, respire fundo e conte até mil, sei que ninguém gosta de alguém chegar assim apontado o dedo…rs).

Você acha que os discursos são improvisos e que eles falam o que sentem na hora? Não, é tudo muito bem estudado e analisado antes por assessores, pessoas da propaganda e do marketing político. Gente contratada para criar campanhas para mexer com seu emocional, mais com o emocional do que com o racional. Cada palavra do candidato é pensada antes pra convencer, persuadir. Não é brincadeira, eles sabem o quanto vão lucrar e estão dispostos a tudo para vencer, é uma guerra.

E nessa, tem gente que vota porque gostou da música da campanha do fulano, da aparência de beltrano, dos atores contratados da campanha do outro, do jingle que gruda como chiclete na mente, das pessoas (com cara de povão – propositalmente) contratadas para o comercial de tv do outro e por aí vai. Muitos até mesmo, trocam o voto por objetos, favores etc (olha a corrupção aí antes do poder).

Sabe aquele comercial onde o candidato ou o partido coloca aquelas pessoas simples, humildes, mostra casas bem simples, pois é, o “coitado” está fazendo isso para parecer bom, pra passar como sendo do povo. Assim você vê o que ele mostra mas não ouve o que ele diz.

E mesmo com tudo isso, ouso lhe dizer, nem todo mundo é igual, embora insistam em nos fazer pensar que sim.

Acorda meu povo! Já vimos esse país fazer história quando foi preciso, lembre-se que você tem voz e uma voz sozinha pode não ser muito, mas unida à milhões de outras vozes no mesmo grito, consegue se fazer ouvir.

Quer mudar o Brasil? Comece dentro de casa. Não estou generalizando, que isso fique bem claro, mas convenhamos…há no Brasil aquela história do “jeitinho” e da “malandragem”.

“Ah Fulano conseguiu levar vantagem em cima do Beltrano? Ah Fulano é malandro mesmo, gostei.” “A Fulana enganou a loja onde comprou o sapato? É o jeitinho do Brasil…gostei”.

Não se incomode apenas em ser enganado por seus líderes, incomode-se principalmente se estiver enganando alguém. Tenho visto muitos golpes ultimamente, a criatividade do povo pra isso não tem fim, se fosse bem direcionada certamente seríamos um país melhor.

Vamos aos fatos, e por favor, se você não faz isso, não se ofenda. Há muitas (muitas) pessoas que compram coisas, usam e depois devolvem com a desculpa de que não gostaram etc. Essa semana mesmo vi uma loja reclamando no instagram que já não aguentava mais receber de volta roupas que foram usadas, estavam até cheirando, sujas e foram devolvidas pra que os “compradores” tivessem seu dinheiro de volta. Nessa mesma publicação da reclamação da loja, vi gente falando que na cidade dela havia muitas pessoas comprando sapato numa determinada loja para usarem em alguma ocasião, e depois indo devolver como se nada tivesse acontecido.

Nada é desculpa para uma coisa dessas. Se não pode comprar, não compre. Se não pode ir, não vá. Não tente viver de aparências (uma pessoa até consegue fingir ser o que não é por um tempo, mas não a vida inteira), não queira lucrar prejudicando os outros. Sabe a honestidade cobrada dos políticos? Começa na sua casa.

Dia desses ouvi uma senhora dizendo que se encontrasse um celular na rua, não devolveria. Sabe o nome disso? É roubo. Ela poderia não ameaçar ninguém com uma arma, poderia não furtar da bolsa de ninguém, mas achar um celular que dificilmente não teria como chegar ao dono, mesmo que tivesse senha e ainda assim não devolver, desculpe, mas é crime. Torço para que um dia, casos onde pessoas que encontram celulares e devolvem aos donos, deixe de ser matéria de reportagens. Deveria ser corriqueiro e não algo tão anormal a ponto de passar na tv.

Se você deixa seu filho chegar em casa com coisas que você não sabe a origem (ou sabe mas prefere se fazer de desentendido), mesmo que seja uma caneta, se você não questiona ou aceita qualquer explicação fajuta, lamento, mas está colaborando com a criação da próxima geração de corruptos desse país.

“A criança que é corrigida com umas palmadas aprenderá a se comportar direito. A criança que sempre faz o que quer faz seus pais passarem vergonha em público.” Provérbios 29:15

Não ache que o errado é normal, que o “jeitinho” da trapaça é natural ou até cultural. Trate de desnaturalizar isso já. A idéia de achar normal enganar e só reclamar quando se é enganado, tem que acabar.

A corrupção não é aceitável nem no governo e nem em casa, pois se você a aceita em casa, como pode cobrar do governo uma postura diferente da sua?

“Você quer ajuda para vencer na vida? Não vá pedir favores às autoridades! Peça a Deus ajudar você a ser justo.” Provérbios 29:26

Sabe aquela sujeira que ao invés de ser jogada fora, vai sendo ajuntada para debaixo do tapete? Tudo vai parecer normal, até que um dia, de tanta sujeira, o tapete levanta e tudo o que foi escondido vem à tona.

Que nossa oração seja hoje por um Brasil melhor e por brasileiros melhores também. Por justiça e por limpeza de mãos e corações. Que a notícia seja de que a vida do nosso povo mudou, porque as pessoas mudaram, clamaram, porque se fizeram ouvir. Ainda há muito o que fazer, mas não sejamos preguiçosos; se os corruptos não cansam, nós também não cessaremos de lutar.

“Quando não se pode contar ao povo os mandamentos de Deus, a sociedade vai de mal a pior; quando o povo obedece a lei de Deus, o país progride e vive feliz.” Provérbios 29:18

*********

No Amor de Cristo

Ana Lucia Salles

 

 

Anúncios

Você Realmente Confia em Deus?

confiar em Deus

Sei que muitos vão pensar que essa pergunta parece desnecessária, já que confiar é parte natural da fé. Mas sabemos que infelizmente a carne muitas vezes abala nossa confiança em Deus, colocando dúvidas no meio do caminho e isso não acontece só com um ou outro, todos passam por isso em determinados momentos da vida. Sabe aquela situação impossível de resolver que de repente aparece na sua frente e você pensa “e agora?”, pois é, essa é a questão que quero abordar.

O ser humano é mesmo teimoso e por vezes, incrédulo. Fico pensando quando Deus tirou o povo do Egito, daquela maneira extraordinária, e com tudo isso; estando fora de lá, no caminho já começaram a duvidar. Questionavam os perigos do caminho, reclamavam da comida, era muita falta de confiança, mesmo Deus fazendo tantas maravilhas diante dos olhos de todos.

Dia desses fiquei sabendo que no túmulo da esposa do pastor Billy Graham está escrito assim: “Fim da Construção – Obrigado por Sua Paciência”. Sinceramente fiquei pensando, se nós devemos esperar no Senhor com paciência, imagine Deus, quanta paciência precisa ter conosco! Porque duvidamos, questionamos, reclamamos, os que agem como crianças mimadas então, só faltam dizer “não quero mais ser cristão”….somos mesmo complicados e ainda assim Deus nos ama, a bíblia é mesmo uma declaração de amor.

Até mesmo aqueles que tentam manter uma aparência de “super cristão, super fé”, lá no íntimo deles, só Deus sabe o que se passa. É como eu sempre digo, parecer não é ser.

Fé e confiança são sinônimos. A fé é a confiança ABSOLUTA (não é 10%, não é em parte, é total) e confiar é se colocar sob a guarda ou os cuidados de alguém.

Quando Deus faz uma promessa, existe um tempo entre o dia em que foi falada até o dia em que se cumprirá. E é exatamente nesse período que pode surgir dúvidas, porque ninguém sabe o tempo que irá levar da promessa ao cumprimento dela. Quando Deus fez promessas à Abraão até o tempo de se cumprir se passaram muitos anos, tanto que Sara já impaciente entregou sua serva para gerar filhos de Abraão, mas não era essa a promessa. A promessa não seria cumprida com Ismael, filho de Agar (a serva egípcia de Sara) com Abraão, mas sim com Isaque o filho tão esperado de Abraão com Sara, mesmo em idade avançada.

“Então caiu Abraão sobre o seu rosto, e riu-se, e disse no seu coração: A um homem de cem anos há de nascer um filho? E dará à luz Sara da idade de noventa anos?
E disse Abraão a Deus: Quem dera que viva Ismael diante de teu rosto!
E disse Deus: Na verdade, Sara, tua mulher, te dará um filho, e chamarás o seu nome Isaque, e com ele estabelecerei a minha aliança, por aliança perpétua para a sua descendência depois dele.
E quanto a Ismael, também te tenho ouvido; eis aqui o tenho abençoado, e fá-lo-ei frutificar, e fá-lo-ei multiplicar grandissimamente; doze príncipes gerará, e dele farei uma grande nação.
A minha aliança, porém, estabelecerei com Isaque, o qual Sara dará à luz neste tempo determinado, no ano seguinte.” Gênesis 17:17-21

Deus não é somente aquele que faz a promessa (como se fosse pouco), Ele é também o GUARDIÃO DA PROMESSA. Ele cuida para que a promessa se cumpra haja o que houver, no tempo em que Ele determinar. Não importa o que aconteça, a promessa se cumprirá.

Abraão e Sara viram a promessa se cumprir. Sara achou que faria tudo acontecer entregando Agar para ter filhos de Abraão, mas a promessa era dela, o filho seria gerado por ela, embora fosse humanamente impossível. Mas quem fez a promessa, guardou e cuidou para que ela acontecesse.

O intervalo da promessa não significa ausência de trabalho de Deus e não pode ser usado como desculpa para desconfiança. É nesse meio tempo, que muitas vezes o inimigo usa pra plantar dúvidas, desconfiança, para tentar abalar a nossa fé e nos fazer desistir. Leve o tempo que levar, entenda que vai acontecer, Deus não mudou de idéia, não desistiu de te abençoar.

Simplesmente pode estar trabalhando em você e em outras pessoas/situações para que a promessa se cumpra. Se você não entende, não vê, está duvidando…ore mais, leia mais a bíblia e se fortaleça. Quando escolhemos depositar nossa confiança em Deus, nós não caminhamos enxergando todo o caminho, mas damos cada passo em fé e o caminho vai surgindo.

“Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.” Hebreus 11:1

Não existe fé sem confiança, porque fé é confiar. Vou dar alguns exemplos com base em versículos e vamos substituir a palavra fé, pela palavra confiança e vejamos como ficam:

“Pela fé(confiança) Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala. Hebreus 11:4

“Ora, sem fé(confiança) é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” Hebreus 11:6

“Pela fé(confiança) Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia.” Hebreus 11:8

“Pela fé(confiança) ofereceu Abraão a Isaque, quando foi provado; sim, aquele que recebera as promessas ofereceu o seu unigênito.” Hebreus 11:17

“Pela fé(confiança) José, próximo da morte, fez menção da saída dos filhos de Israel, e deu ordem acerca de seus ossos.” Hebreus 11:22

“E que mais direi? Faltar-me-ia o tempo contando de Gideão, e de Baraque, e de Sansão, e de Jefté, e de Davi, e de Samuel e dos profetas,
Os quais pela fé(confiança) venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões,
Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos.” Hebreus 11:32-34

Se você depositar sua confiança em uma pessoa, certamente vai se decepcionar. Mas colocar a confiança totalmente em Deus é ter a certeza da vitória. Ele promete, Ele cuida da promessa até que se cumpra. A palavra de Deus não cai por terra.

“Assim diz o Senhor: “Maldito é o homem que confia nos homens, que faz da humanidade mortal a sua força, mas cujo coração se afasta do Senhor.
Ele será como um arbusto no deserto; não verá quando vier algum bem. Habitará nos lugares áridos do deserto, numa terra salgada onde não vive ninguém.
“Mas bendito é o homem cuja confiança está no Senhor, cuja confiança nele está.
Ele será como uma árvore plantada junto às águas e que estende as suas raízes para o ribeiro. Ela não temerá quando chegar o calor, porque as suas folhas estão sempre verdes; não ficará ansiosa no ano da seca nem deixará de dar fruto”. Jeremias 17:5-8

Logo após a crucificação de Jesus, os discípulos pareciam estar meio perdidos, pareciam ter esquecido tudo o que Jesus havia falado e Pedro decidiu voltar a pescar. Aquele que havia sido chamado para ser pescador de homens, se perdeu diante de um problema e retrocedeu . Não era esse o chamado de Pedro, Jesus o chamou para ser pescador de homens, mas quando Pedro viu Jesus crucificado parece ter esquecido as promessas, esquecido os milagres, parecia não saber bem quem era Jesus. O pior é que uma pessoa confusa pode acabar influenciando outras e assim foi:

“Estavam juntos Simão Pedro; Tomé, chamado Dídimo; Natanael, de Caná da Galiléia; os filhos de Zebedeu; e dois outros discípulos.
“Vou pescar”, disse-lhes Simão Pedro. E eles disseram: “Nós vamos com você”. Eles foram e entraram no barco, mas naquela noite não pegaram nada.” João 21:2,3

Eles passaram a noite tentando pescar, mas não pescaram nem um peixe sequer. Por que? Porque não deveriam estar alí, não deveriam retroceder, eles precisavam confiar, mas simplesmente ignoraram tudo o que haviam passado ao lado de Jesus.

Era um tal de discípulos indo pra Emaús, discípulos indo pescar, esqueceram o chamado, não confiavam em Deus ainda como deveriam.

A falta de confiança em Deus traz confusão, gera dúvidas e muitas vezes nos tira do caminho. É a brecha que o inimigo quer pra plantar cada vez mais a desconfiança e te fazer cair. Amado, se você sair do caminho, aí é que não vai receber o que Deus tem pra você. Não perca o foco.

Confie em Deus, a bíblia do começo ao fim, em todas as pessoas citadas que venceram, todas elas têm algo em comum: elas confiaram em Deus, acreditaram. 

Não adianta lutar com seu próprio braço, não adianta se apoiar no seu conhecimento (por maior que seja), não adianta tentar buscar falsos atalhos como Sara que achou que resolveria tudo entregando a serva para gerar filhos de Abraão,  quando na verdade não era essa a promessa.

O Senhor fará acontecer no tempo certo. Deus continua lutando por você nas regiões celestiais, se não aconteceu ainda é porque não chegou o tempo, mas creia, porque vai chegar.

O Deus que tirou o povo do Egito fazendo maravilhas, abriu o mar, guiou o povo, faz um pequeno homem vencer um gigante e com imenso amor entregou seu único Filho por nós…ainda é o mesmo Deus e só é preciso confiar até o fim, aja o que houver.

Se o cansaço vier, renove suas forças no Senhor, mas não desanime, não desista. Vence quem persiste e se mantém e não quem corre mais rápido. Das cinzas, Deus pode fazer chamas.

Confie.

“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.” Salmos 37:5

Você realmente confia em Deus ou será que tem tentado agir por conta própria? Confiar é entregar os problemas, as dificuldades, aquilo que pode até estar lhe tirando o sono, lhe fazendo perder a paz, entregar tudo isso ao Senhor e descansar. Confie verdadeiramente em Deus, descanse e entenda que Ele fará o impossível por você. Não há porta fechada que Jesus não possa entrar, não há gigantes que o Senhor não possa vencer, não há montes que não possam ser movidos.

“Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos.
Assim como a chuva e a neve descem dos céus e não voltam para ele sem regarem a terra e fazerem-na brotar e florescer, para ela produzir semente para o semeador e pão para o que come,
assim também ocorre com a palavra que sai da minha boca: Ela não voltará para mim vazia, mas fará o que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei.” Isaías 55:9-11

 

No Amor de Cristo

Ana Lucia Salles

Curiosidades Bíblicas II

curiosidades biblicas 2

Paz amados! Hoje venho trazer algumas curiosidades bíblicas e garanto que são bem interessantes.  São detalhes que ajudam a gente a entender certos trechos da bíblia com clareza. Se gostarem, avisem pra eu trazer mais, esses dias descobri uma fonte de informação desse tipo bem completa, mais do que a que tenho aqui, e caso queiram, vou providenciar pra trazer pra vocês.

Sabe aquele tipo de coisa que depois que você sabe, vai ver o versículo e pensar “ah entendi, então é por isso que falaram tal coisa, que fizeram isso etc”. Pois é, essas curiosidades são do tipo esclarecedoras.

1- Sal

“Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.” Mateus 5:13

Ao ser recolhido da região do Mar Morto, uma parte do sal era boa para salgar e cozinhar, mas a outra havia perdido o seu sabor. Esse sal, porém, não era jogado fora.

Eles o guardavam no templo de Jerusalém e quando as chuvas de inverno tornavam escorregadios os pátios de mármore, o sal era espalhado no chão para reduzir o perigo das quedas. Portanto, o sal que perdeu o sabor é pisado pelos homens.

2-  O Peixe de Pedro

“E, chegando eles a Cafarnaum, aproximaram-se de Pedro os que cobravam as dracmas, e disseram: O vosso mestre não paga as dracmas?
Disse ele: Sim. E, entrando em casa, Jesus se lhe antecipou, dizendo: Que te parece, Simão? De quem cobram os reis da terra os tributos, ou o censo? Dos seus filhos, ou dos alheios?
Disse-lhe Pedro: Dos alheios. Disse-lhe Jesus: Logo, estão livres os filhos.
Mas, para que os não escandalizemos, vai ao mar, lança o anzol, tira o primeiro peixe que subir, e abrindo-lhe a boca, encontrarás um estáter; toma-o, e dá-o por mim e por ti.” Mateus 17:24-27

O peixe em questão era uma tilápia (hoje chamada de “peixe de São Pedro” ou St. Peter). A tilápia carrega os seus ovos e mais tarde os novos peixes na boca. Mesmo quando vão à procura de comida, os peixinhos voltam à proteção da mãe. Quando a mãe-peixe quer que fiquem fora, ela pega um objeto (preferivelmente brilhante) e o segura na boca para evitar que retornem. Nesse caso o peixe pegou uma moeda de um siclo.

Há três formas que se utilizavam para a pescaria: vara e linha (Mateus 17:24-27) como Jesus disse à Pedro para lançar o anzol e pegar o peixe. Outra forma: Lança- Jó 41:7. Homens saíam à noite com uma lança pendurada na proa do barco. Os peixes eram arpoados quando saltavam atraídos pela luz. E a terceira: Pesca com rede especial-  Era uma rede circular com aproximadamente cinco metros de diâmetro e pesos nas bordas.

Uma corda comprida ficava presa ao centro da rede, quando um cardume de peixes era visto no raso, jogavam a rede e o pesos faziam com que a rede pesasse e descesse e os peixes ficavam presos ali. Pedro e André faziam esse tipo de pescaria quando foram chamados por Jesus (Marcos 1:16-17).

3- Mel

“O temor do Senhor é puro, e dura para sempre. As ordenanças do Senhor são verdadeiras, são todas elas justas.
São mais desejáveis do que o ouro, do que muito ouro puro; são mais doces do que o mel, do que as gotas do favo.” Salmos 19:9-10

Quando o menino ia pela primeira vez à escola nos dias do Novo Testamento, ele chegava à sinagoga quando estava ainda escuro para ouvir a história de como Moisés recebera a lei. A seguir era levado à casa do professor para tomar a primeira refeição, onde ganhava bolos com letras da lei escritas neles. Na escola, o menino recebia uma lousa com passagens das Escrituras. A lousa era lambuzada com mel. Ele tinha de traçar as letras através do mel com a pena e era natural lamber a pena enquanto trabalhava.

A idéia era que ele iria compreender que sua ida à escola era para absorver as Escrituras. Essa prática de aprendizado parece ter sido baseada num velho costume ao qual Davi se refere no Salmo.

O mel era usado como um adoçante natural na ausência do açúcar. Enxames de abelhas podiam fixar-se numa árvore oca, num buraco na rocha ou até na carcaça de um animal.

4- “Cala-te, Aquieta-te”

“E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança.” Marcos 4:39

Quando Jesus disse essas palavras, ele usou o termo phimothete, que seria normalmente usado para exorcizar espíritos malignos. Jesus reconheceu à tentação do diabo sobre sua vida na tempestade e falou de acordo com a situação.

5- Seguir Jesus

“E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.” Mateus 4:19

Em nossa cultura, “seguir após” uma pessoa significa colocar-se numa posição secundária, mas a frase não tinha esse sentido nos tempos bíblicos. As ruas eram tão estreitas que se duas pessoas andassem juntas, elas teriam de caminhar uma atrás da outra. Seguir uma pessoa era ir com ela. Diríamos então: “Se alguém vier comigo”.

6- Saudações

“Não leveis bolsa, nem alforje, nem alparcas; e a ninguém saudeis pelo caminho.” Lucas 10:4

As saudações durante uma viagem demoravam muito. Não se considerava educado passar simplesmente pelas pessoas. Era preciso fazer e responder perguntas tais como: “Para onde está indo?… De onde vem?… Como se chama?… Quantos filhos tem?” e assim por diante. Por isso Jesus orientou os discípulos a não saudarem ninguém, porque certamente demoraria muito e perderiam um precioso tempo em cada saudação. Era simplesmente para não perderem tempo.

7- Refeições

Qualquer motivo era desculpa para uma festa: o desmame de uma criança, a chegada de um hóspede e os aniversários.

Quando um amigo chegava à meia-noite e o anfitrião não tinha alimento para satisfazer as necessidades dele, acordava insistentemente o vizinho e lhe pedia comida, não só porque o vizinho era amigo, mas porque a obrigação de oferecer uma refeição a um hóspede era muito grande naquela cultura.

“Então lhes disse: “Suponham que um de vocês tenha um amigo e que recorra a ele à meia-noite e diga: ‘Amigo, empreste-me três pães,
porque um amigo meu chegou de viagem, e não tenho nada para lhe oferecer’.
“E o que estiver dentro responda: ‘Não me incomode. A porta já está fechada, e meus filhos estão deitados comigo. Não posso me levantar e lhe dar o que me pede’.
Eu lhes digo: embora ele não se levante para dar-lhe o pão por ser seu amigo, por causa da importunação se levantará e lhe dará tudo o que precisar.”  Lucas 11:5-8

As refeições eram um aspecto importante da amizade. Comer na companhia de alguém era estar em paz com ele.

Uma aliança de paz feita numa refeição era assim um pacto e a refeição, portanto um meio de reconciliação.

Foi provavelmente por isso que Jesus apareceu a seus discípulos depois da crucificação e comeu com eles; era um meio de lhes garantir novamente que mesmo que tivessem falhado em relação à Ele, sua amizade com eles continuava a mesma.

Uma das primeiras coisas feitas para um convidado era dar-lhe um copo de água fresca para beber. Isso representava um penhor de amizade. Por isso a mulher samaritana não compreendeu porque Jesus, um judeu, pediu água para ela, quando geralmente havia tanta inimizade entre judeus e samaritanos.

Oferecer água, indicava que o convidado era digno de uma recepção pacífica, pedir água para beber era ser bem recebido.

Quando um hóspede chegava para a refeição era cumprimentado  e um servo removia-lhe as sandálias para lavar-lhe os pés e que em seguida eram secos com um toalha. Depois, a cabeça do hóspede era ungida com azeite de oliva, perfumado com especiarias.

Essa prática Simão negligenciou ao receber Jesus em sua casa:

“E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas, e os enxugou com os cabelos de sua cabeça.” Lucas 7:44

****************************

Fonte: Novo Manual dos Usos & Costumes dos Tempos Bíblicos

Autor: Ralph Gower

Editora: CPAD

****************************

Vou finalizando por aqui, mas se gostarem, é só dizer que eu trago mais. Acho bem interessante esses tópicos pra entender melhor a bíblia, seja para simples leitores ou pastores, ajuda bastante a todos.

No Amor de Cristo

Ana Lucia Salles

Carnaval – A Festa da Destruição

carnaval 2018

“Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina.” II Timóteo 4:2

É assim que vejo o carnaval, uma época de destruição, onde a “alegria” é só uma máscara e onde fantasias tentam disfarçar a tristeza do coração.

Observo muito e presto atenção em detalhes, tem certas coisas que saltam aos olhos de tão nítidas que são.

Vejo pessoas tentando a qualquer custo forjar (inventar) felicidade, e o fazem da pior maneira, buscando o que não se pode achar em copos de cerveja, garrafas de bebidas alcoólicas dos mais variados tipos. Buscando felicidade em sexo sem compromisso, prazer momentâneo, euforia de drogas, risos sem sentido, falsos amigos. Procurando amor em abraços onde se cruzam apenas braços, corpos, mas não sentimentos verdadeiros. Nada além de breves momentos.

Sabe aquela música absurdamente alta? Parece tentar ser mais alta do que o gemido de dor da alma. Sabe aquele vazio que não para de aumentar? Não pode ser preenchido com ilusão. Ah a ilusão! Em pensar que alguns ainda a chamam de doce (doce ilusão). A ilusão é amarga, ainda que não pareça logo de início. Como pode ser doce algo que engana, que parece uma coisa, mas na realidade é outra? A ilusão é uma mentira e não se pode viver alimentando-se do que não sacia.

Nesses dias de Carnaval, infelizmente muitos perderão a vida, porque essa é a verdade por traz da “festa”: morte. Drogas, estupros, assassinatos, acidentes provocados por pessoas alcoolizadas, que talvez minutos antes estavam “festejando” o nada.

Ontem li um pequeno texto em uma rede social onde dizia mais ou menos assim: “que tem pessoas no Carnaval com Deus no coração e que o importante é exercer o poder do amor e do respeito pra salvar suas almas”. Bonito não é mesmo? Ah exercer o poder do amor e do respeito com Deus no coração festejando o Carnaval? Pena que amor e respeito não salvem a alma de ninguém, pessoas boas também vão para o inferno se não tiverem Jesus. Amor e respeito a gente deve ter independente de religião, mas quem salva mesmo é Jesus, e vamos combinar que quem tem Jesus não tem por que comemorar a festa da carne, é incompatível. Não é uma roupa que se veste e pode tirar e dizer “Ah Deus, eu tenho fé e Jesus mas agora vou alí um pouquinho dar festejar a carne e já volto”. A fé nos move a fazer aquilo que agrada à Deus, por isso que durante o culto, oramos, louvamos. Já o Carnaval é festejado de acordo com o que agrada a carne, bebida, prostituição etc.

Acho que a igreja (me refiro a igreja como um todo e não a uma igreja específica) anda muito complacente e até apática. Acredito que o Carnaval é a época perfeita pra evangelizar (eu não disse fácil, disse perfeita), porque as pessoas ficam tentando se preencher desesperadamente com qualquer coisa e por isso acabam sofrendo as consequências depois.

Se cada igreja se organizasse e fosse para as ruas nessa época evangelizar, não empurrar Jesus goela abaixo das pessoas (até porque Ele não é o guaraná), mas falar de coração aberto mesmo, abraça-las. Acredito que daria muito resultado. Talvez não imediatamente, mas a semente seria plantada e no tempo certo cresceria.

Mas não é isso que acontece na maioria dos casos, vai todo mundo se isolar num acampamento e o resto do mundo que se exploda. Não sou contra o acampamento, mas acho que deveria ter organização e orientação também pra ir às ruas.

Muita gente quer isolar do mundo até mesmo fora dessa época de Carnaval, vejo pessoas nas igrejas achando que é perfeito, que está numa igreja santa e perfeita e que só ele e a igreja dele vão subir se Jesus voltar agora. Está entendendo o problema?

Não sei se essas pessoas pensam que a igreja subirá com concreto, blocos, cadeiras, instrumentos e a placa na frente com o nome e os dias de culto. Não será assim, a igreja são as pessoas, somos nós e no céu não vai ter placa de igreja, não vai ter separação por país, nada disso…parece ridículo eu ter de falar isso, mas ainda hoje, vejo gente pensando assim. Se você não gosta do Fulano, o seu não gostar não impede o Fulano de ser salvo. Se você acha que os dogmas de sua igreja são pré-requisitos para o céu, isso também não impede quem não segue os dogmas de sua igreja de ir para o céu, quer você concorde ou não. Existe uma estrela chamada Sírius e se você não a conhece ou não a vê não muda o fato de que ela existe.

Não tente julgar se o outro é salvo ou não, até porque seu julgamento pode ser totalmente errado. Já conheci uma mulher que frequentava uma igreja muito tradicional cheia de dogmas e regrinhas, e a mulher era prostituta e enganava a família. Fazia mal contra tanta gente que olhando ninguém dizia. Ela se vestia apropriadamente para ir à igreja com a família, mas depois era um tal de fazer mal pra um, prejudicar o outro,  fazer fofoca e inventar mentiras contra o outro, se prostituir por R$50 (e não era necessidade ou falta de opção). Se você pensa que se tratava de uma jovenzinha, se enganou, uma mulher de 50 anos. Talvez se você a visse diria que se enquadrava dentro dos seus pré-requisitos ao céu, principalmente se a ouvisse cantarolando hinos da harpa. Infelizmente é o tipo de pessoa que ou muda de vida, ou vai cantando a harpa pro inferno.  E está aí dentro da igreja, junto com o trigo passando-se por trigo, mas sendo joio e enganando a muitos. 

Vamos às ruas povo de Deus, sem medo, sem preconceito. Não gostaria de ninguém falando assim: “Ah mas o Fulano é gay, eu não quero falar de Jesus pra ele. Não quero nem encostar nele.”

É nojenta a atitude de certas pessoas, já disse aqui uma vez e vou falar novamente, se você se recusa a falar de Jesus pra alguém, pode ter certeza de que o diabo não se recusa a apresentar-se àquela pessoa.

Se a pessoa se recusa a ouvir não é problema seu, o que importa pra Deus é que você fale. Não cabe a você julgar a vida que a pessoa tem levado, como está vestida. Aliás, por falar em vestimenta, vamos à essa questão. Tem homens que olham pra uma mulher usando uma roupa curta ou calça ou seja lá o que for e já julgam assim: “ah essa aí já está com o pé no inferno, não vou nem falar nada pra essa perdida”, “Fica aí fazendo os homens caírem em pecado”.  Alguns se parecem com Adão “A culpa é da mulher que o Senhor me deu”, ou seja, é dela e sua , minha não.  Não estou justificando ninguém, mas convenhamos, cada um que assuma sua culpa. Ficar jogando a culpa nos outros e passar por vítima é o fim. É a mesma coisa de uma pessoa que faz dieta, toda vez que ver um doce na frente comer e colocar a culpa no doce, a culpa nunca é dela. É de quem fez o doce, de quem comprou, de quem colocou naquele lugar, mas dela nunca.

Que mulher nunca levou uma cantada até dentro do carro onde a pessoa não via nada além do pescoço pra cima? Não dando nem pra ver a roupa que a pessoa estava. Do jeito que as coisas andam até se usar uma burca ainda a vão desejar (não duvide). Auto-controle e vergonha na cara nunca fizeram mal a ninguém, seja a pessoa convertida ou não.

Se não quer falar com a pessoa então pelo menos peça pra alguém falar, entregar um folheto, ou ande em grupos, não vá fazer evangelismo sozinho. Não se coloque em situações que possam trazer à tona o seu velho homem.

Não há mais tempo a perder. Não somos os donos do tempo, mas cabe a nós decidir como usá-lo. Se você quiser passar o dia inteiro dormindo, jogado no sofá, vasculhando facebook, instagram, youtube etc, ninguém vai te impedir, mas as 24 horas vão passar, então que pelo menos seja fazendo algo útil ao Reino em parte do seu tempo.

Acredito que falta conscientização, união e até mesmo mente aberta. É um tal de minha igreja é a certa e a sua a errada, a minha é a melhor, eu sou o certo e o resto é pecador e condenado. Tanta coisinha boba e preconceito inútil, que acaba atrapalhando o crescimento e a propagação do evangelho.

Ainda quero falar especificamente sobre esse assunto em outra postagem, porque não há mais tempo para tolerar uma fé hipócrita.

Meu desejo e minha oração é para que a igreja acorde e invada às ruas resgatando as almas, todas elas tão preciosas à Deus. Se importa à Deus, então tem que importar à nós. Lembre-se que a salvação não é só para você, vamos divulgar a Palavra, a ordem já foi dada. Jesus já nos enviou, não precisa esperar “um sinal” para evangelizar.

“Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. Mateus 28:19,20

Que tenhamos a ousadia de Davi pra enfrentar o gigante, a fé de Abrahão que confiou em Deus e a loucura santa necessária de João na pregação do evangelho. Que Jesus nos guie e nos direcione para alcançarmos o objetivo: SALVAÇÃO DE ALMAS.

No Amor de Cristo

Ana Lucia Salles

parabola dos talentos

“E também será como um homem que, ao sair de viagem, chamou seus servos e confiou-lhes os seus bens.
A um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um; a cada um de acordo com a sua capacidade. Em seguida
partiu de viagem.
O que havia recebido cinco talentos saiu imediatamente, aplicou-os, e ganhou mais cinco.
Também o que tinha dois talentos ganhou mais dois.
Mas o que tinha recebido um talento saiu, cavou um buraco no chão e escondeu o dinheiro do seu senhor.
“Depois de muito tempo o senhor daqueles servos voltou e acertou contas com eles.
O que tinha recebido cinco talentos trouxe os outros cinco e disse: ‘O senhor me confiou cinco talentos; veja,
eu ganhei mais cinco’.
“O senhor respondeu: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e
participe da alegria do seu senhor! ’
“Veio também o que tinha recebido dois talentos e disse: ‘O senhor me confiou dois talentos; veja, eu ganhei
mais dois’.
“O senhor respondeu: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e
participe da alegria do seu senhor! ’
“Por fim veio o que tinha recebido um talento e disse: ‘Eu sabia que o senhor é um homem severo, que colhe
onde não plantou e junta onde não semeou.
Por isso, tive medo, saí e escondi o seu talento no chão. Veja, aqui está o que lhe pertence’.
“O senhor respondeu: ‘Servo mau e negligente! Você sabia que eu colho onde não plantei e junto onde não
semeei?
Então você devia ter confiado o meu dinheiro aos banqueiros, para que, quando eu voltasse, o recebesse de
volta com juros.
” ‘Tirem o talento dele e entreguem-no ao que tem dez.
Pois a quem tem, mais será dado, e terá em grande quantidade. Mas a quem não tem, até o que tem lhe será
tirado.
E lancem fora o servo inútil, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes’ “.
Mateus 25:14-30

2018 – O Ano de Romper

2018 rompendo

 “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,
Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”  Filipenses 3:13,14

Ah o ano novo! E lá vem ele novamente, há poucas horas de chegar. E mais uma vez queremos um ano novo, novo mesmo. É fácil desejar, é fácil fazer promessas que não vai cumprir, é fácil achar que fazendo rituais a sorte estará garantida. Sinto em dizer, mas os pulinhos no mar, as sementes de romã, lentilhas etc não mudarão sua vida nem trarão sorte ao seu ano, até porque Deus não divide a glória com ninguém. Não há ninguém que possa mudar o rumo da sua história a não ser o próprio Deus e não é pulando no mar que se atrai a atenção dEle, e sim com joelho no chão e oração.

“Eu sou o Senhor; esse é o meu nome! Não darei a outro a minha glória nem a imagens o meu louvor.” Isaías 42:8

As pessoas parecem gostar da ilusão de que algo sem importância fará toda a diferença, talvez para não fazer o que realmente importa.

Sabe o que pode mudar sua vida e fazer 2018 um ano novo de verdade pra você? A decisão, as escolhas. O tempo tem passado tão rápido e na correria do dia a dia, talvez você não perceba e esteja vivendo tudo igual.

Quer um ano novo de verdade? Então mude, tenha atitudes diferentes, reveja seu comportamento, feche as brechas. Faça as escolhas certas, decida mudar. E não é aquela mudança da boca pra fora “Em 2018 eu vou mudar”, não é assim. É aquela mudança da revolta mesmo, de quem não aguenta mais e entende que precisa de mudança porque não pode continuar como está.

É hora de deixar 2017 no passado e fazer tudo novo. Passou? Esqueça (de verdade, lance no mar do esquecimento), se não virar a página, arranque-a, queime-a e assopre as cinzas pra longe, mas realmente esqueça, deixe pra trás e não olhe mais pra lá.

Te feriram? Perdoe. Você feriu alguém? Peça perdão. Julgue menos, tenha coragem e ousadia quando for preciso. Quebrantamento sempre. Ainda que Deus te exalte e coloque em lugares de destaque, que seu ego não suba com você. Seja humilde.

Você só pode romper os limites se estiver disposto a fazer o que nunca fez e o que os outros não querem fazer. O caminho pode ser difícil, mas o destino é compensador.

Os apóstolos que andavam com Jesus não eram pessoas preparadas, mas eram pessoas dispostas. Eles se dispuseram a caminhar com Ele e no caminho foram aprendendo e sendo moldados. E assim todos tiveram suas vidas transformadas. Deus usa pessoas dispostas, não acomodadas.

No primeiro dia útil de 2018, talvez você já tenha que voltar a sua rotina de trabalho etc. A paisagem pode não mudar, mude então sua mente e seu olhar. Tome decisões acertadas.

“Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar.” 1 Pedro 5:8

Feche as brechas. Não dá pra pedir perdão a Deus e cinco minutos depois cair no mesmo pecado. A brecha é como uma pequena rachadura, o inimigo fica observando aquilo que te atrai no mundo, aquilo que te encanta e que desagrada a Deus. Então ele faz a pequena brecha parecer mais atraente, e a amplia cada vez mais até que você seja tragado por ela.

Resista, você pode vencê-lo.

Se você caiu, e pensa que não se levantará mais, aí é que você se engana. A mão de Deus está sempre estendida pra te levantar, olhe pra frente, esqueça o passado, há uma folha em branco diante de você. Recomece.

Romper tem significados bem interessantes: abrir a força, desabrochar, nascer, surgir. A força que você precisa pra romper os limites em 2018, não está em seus braços, mas em seus lábios e seu coração. É a fé que te fará romper, sem ela não há como sair do lugar. Ninguém pode romper sem se esforçar, sem chegar ao limite, é do limite que se rompe. Pense diferente, creia mais, posicione-se. A decisão certa muda tudo, as escolhas certas é que fazem a diferença. Faça o que ainda não fez. A partir do momento em que você decidir mudar, o inimigo pode até se levantar, mas lembre-se de que Deus se levanta também e em seu favor.

Não perca tempo, 2018 também passará de forma veloz.

Não creio que haja mais muito tempo, muitas gerações até a volta de Jesus. Estamos vendo os sinais se cumprirem e é estranho não pensar que logo Jesus voltará. Não sabemos quando será, mas temos os sinais e a promessa. E se Cristo voltar agora, como está sua vida? Você sobe com Ele ou fica?

Fico observando tantas coisas acontecendo e pouco se fala na volta de Jesus ou quando se fala é quase tratado como algo lúdico, fantasioso. Acredite, Ele vai voltar.

Seja uma pessoa melhor, seja quem Deus quer que você seja e viva os planos do Senhor pra sua vida. Ore mais, não existe vida com Deus sem oração. Perceba como tem administrado o tempo, se você tem tempo pro facebook, se tem tempo pro instagram, se passa horas no youtube, como pode não ter tempo pra Deus?

Amado, prepare-se para o céu.

Te desejo coragem, pra enfrentar os desafios, fé pra vencer todos os eles, amor para que seu coração seja aquecido e quebrantado, humildade para que subindo não se exalte. Te desejo paz para que mesmo em meio à luta, você sinta tranquilidade, paciência para que não aja por impulso; bondade pra ajudar sem querer nada em troca. Te desejo muitas bênçãos todos os dias desse novo ano. Que você seja envolvido pelo amor do Pai e lembre-se de que todas as manhãs as misericórdias de Deus se renovam sobre sua vida e sobre os seus.

“Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis.
Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade!
Digo a mim mesmo: A minha porção é o Senhor; portanto, nele porei a minha esperança.” Lamentações 3:22-24

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo.”  Efésios 1:3

Amo vocês em Cristo Jesus, e sinceramente desejo a cada um que 2018 seja um ano de vitórias e que o Senhor derrame sobre você e sua casa bênçãos mil e guarde todos os seus passos e envie anjos para acampar-se ao seu redor mesmo que você se esqueça disso. Que o livre das armadilhas do inimigo, que te fortaleça física e espiritualmente. Que traga cura, paz, alegria, restauração em todas as áreas de sua vida e principalmente salvação à sua casa, sua família e seus amados.

Obrigada por sua visita aqui, volte sempre e nos vemos em 2018!

Com JESUS…feliz ano todo!

No amor de Cristo

Ana Lucia Salles

“O Senhor te abençoe e te guarde;
O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti;
O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.” Números 6:24-26

Calendários 2018

FELIZ 2018Acharam que eu ia esquecer? Não, não…não! Aqui estamos nesse finalzinho de ano trazendo os calendários de 2018. 

 Já sabem, para salvar em seu computador basta clicar com o botão direito do mouse  sobre o calendário desejado e em seguida em Salvar Imagem Como, aí é só escolher uma pasta em seu computador pra salvar o arquivo e posteriormente fazer a impressão. 

Para salvar a imagem no tamanho original (que é maior do que esse que aparece), basta clicar com o botão direito do mouse sobre o calendário em em seguida clicar em Abrir Imagem em Nova Guia (ou nova página), aí sim você verá o tamanho real dele e poderá salvar no tamanho maior e com melhor resolução de imagem.

São 8 modelos de calendários anuais e os outros são mensais, os feriados são os básicos nacionais, há feriados que são específicos de cada Estado, mas esses não coloquei porque ia ficar confuso.

Se as imagens demorarem para aparecer no seu monitor (porque são grandes), espere um pouquinho (paciência de Jó..rs) até todas se completarem, ou atualize a página clicando em F5 no teclado, isso depende da sua conexão de internet.

Espero que gostem, usem e compartilhem.

No amor de Cristo

Ana Lucia Salles

calendario 2

calendario 3

calendario 4

calendario 5

calendario 6

calendario 7

calendario 8

calendario janeiro

calendario fevereiro

calendario março

calendario abril

calendario maio

calendario junho

calendario julho

calendario agosto

calendario setembro

calendario outubro

calendario novembro

calendario dezembro

 

Feliz Natal Hoje e Depois e Depois e Todos os Dias

Feliz Natal 2017

Na verdade, dia 25 de Dezembro não é a data correta do nascimento de Jesus. Historiadores acreditam que Jesus tenha nascido entre os meses de Março a Maio, já li teorias de que talvez tenha sido em Outubro. Nessa data era feita uma comemoração ao deus sol e posteriormente associaram a um senhor chamado Nicolau que devido a esta data distribuía presentes às crianças. Então resolveram meio que misturar as coisas e comemorar o Natal na data das festividades ao deus sol. Tanto que muitos dos “rituais” de Natal que conhecemos tem base em festividades pagãs.

Ao longo dos anos o Natal foi perdendo cada mais o significado, mas ainda significa o nascimento de um Rei. Pra mim Natal é todo dia, porque a cada dia Jesus nasce no coração de alguém. E é assim que comemoro o Natal, feliz em saber que ontem, hoje, amanhã e depois, Jesus continuará nascendo em corações ao redor do mundo e transformando vidas.

Entendo que essa época do ano é onde os sentimentos parecem estar a mil. Vejo pessoas ou muito eufóricas ou muito tristes. Acredito que o ideal seja o equilíbrio. O sentimento que te domina é aquele que você alimenta. Se você alimentar a melancolia com pensamentos e lembranças tristes, então é assim que você vai ficar. Se você se alimentar de fé e esperança, então assim ficará.

“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.” Lamentações 3:21

Lembro que em minha infância, nessa época de Natal, tinha uma cantata na igreja (eu achava lindo) e depois íamos pra casa de minha avó porque todos estavam lá e no dia seguinte, voltávamos para o almoço. Eu amava essa época e pra mim isso era Natal. Mas o tempo passa e as coisas mudam, Deus recolheu meus avós já há bastante tempo e hoje nosso Natal é diferente, nem a igreja que frequentamos tem cantata. Por um tempo sofri com isso, hoje não mais. Porque a gente se acostuma a mudar os hábitos, e sei que um dia mudará novamente. 

Não fico alimentando esse saudosismo, nem lembranças tristes. Lembro, guardo com carinho, mas sigo olhando para frente.

Já disse aqui que não sou presa a datas (graças à Deus!!), tenho liberdade pra comemorar o Natal até em Março se eu quiser, e não vejo problema ou loucura nisso. Até porque trata-se de um nascimento, festejar um aniversário e como disse ninguém sabe ao certo a data do nascimento de Jesus, então comemore o dia em que Ele nasceu no seu coração, o dia em que você renasceu. Devemos aprender a nos alegrar mais, porque pra entristecer não há dificuldade alguma. Para a alegria por incrível que pareça, ás vezes requer um certo esforço. É importante pensar em coisas boas, pra se alegrar com o bem que o Senhor nos tem feito e não permitir que os problemas tenham um peso maior do que os motivos pra sorrir.

Quero que Deus olhe dentro de mim e veja meu coração alegre, sorrindo apenas por saber que um dia Ele enviou Jesus pra nos salvar. Mais um aniversário, mais um ano se passou e está cada vez mais perto o dia em que Ele vai voltar. 

Desejo à você querido leitor (a), um Natal de paz, alegria, reflexão e amor, hoje, amanhã e depois e depois e todos os dias. 

No Amor de Cristo

Ana Lucia Salles

Erga a Voz

Erga a Voz

“Erga a voz em favor dos que não podem defender-se, seja o defensor de todos os desamparados.
Erga a voz e julgue com justiça; defenda os direitos dos pobres e dos necessitados”. Provérbios 31:8,9

Hoje quero abordar um tema delicado e que apesar de delicado precisa ser falado. Acho que uma das piores coisas que pode acontecer a uma pessoa é estar numa guerra e não se dar conta disso. Agora você deve estar se perguntando, mas como é possível? Sim, pior que é totalmente possível. Sabe como isso acontece? Vou explicar.

 Acontece quando situações anormais passam a ser encaradas como normais, acontece quando aquilo que não existia antes, passa a existir e ser encarado como “moderno”. Quantas vezes ouvimos a seguinte expressão: “Ah isso acontece porque o mundo está moderno, as coisas mudaram”.

Não, na verdade o mundo não está “moderno”, está morto. Posso chamar de moderno, as tecnologias avançadas, as descobertas científicas, avanços na medicina, tratamentos etc, mas infelizmente não posso chamar de moderno determinadas atitudes e comportamentos.

A bíblia diz em I João 1:5 : “Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no Maligno.”

Isso quer dizer que o mundo está morto, está enterrado em pecado. Jazer também é sinônimo de permanecer, continuar, morar, dormir. E nessa condição o mundo não continua da mesma forma, só piora, cheira mal.

Porque estou dizendo isso? Iniciei esse texto com um versículo que diz para erguer a voz em favor dos que não podem se defender. Infelizmente vivemos atolados em trabalho, ocupações, correrias devido à vida moderna de nos exigir cada vez mais. E às vezes, vivemos tão atarefados e esquecemos do próximo. Hoje quero falar de duas pessoas muito importantes e que ultimamente vem sofrendo cada vez mais com as investidas do inimigo: as crianças e as mulheres.

Pois é amados, vamos começar falar sobre as crianças. Nunca vi tanta violência contra crianças como tenho visto em notícias por todos os lados ultimamente. Cuidem de nossas crianças, cuidem!! Zelem por elas!! Não são pequenos adultos, são crianças. É uma etapa da vida. Elas não sabem se defender, tenham cuidado com nossa continuação. Sim, continuação! Depois de uma geração, outra se levanta e assim é a vida e a continuação dela.

Não sei como podem achar normal tudo que tem acontecido, desde abusos, incentivo a erotização infantil, violência, apoio a mudança de gênero desde a infância. “Ah, mas ele se sente menina”, não importa o que ele sente, ele é um menino e ponto final. Está sentido errado, pensando errado. O coração é enganoso (pode se enganar, pode errar) e não se torna enganoso quando nos tornamos adultos, ele já é enganoso desde a infância. Depois a criança, adolescente se arrepende e os estragos já terão sido feitos.

Acho desumano apoiar uma criança a mudar de gênero e depois que ela se arrepende não tem o mesmo apoio pra voltar a ser o que era. Ou seja, o certo é ser o que você não é, porque caso se arrependa, esqueça. Aí dirão: “tem algo errado com você”.

É como aquilo que acontece com adultos, apoio para se tornar homossexual encontra-se, mas para deixar de ser, não. É a liberdade ficando cada vez mais restrita. Eu discordar de você é errado, mas você discordar de mim, não é? A sua opinião é lei e a minha é contra a lei? Estranho isso. Dois pesos, duas medidas. Isso não é respeito, é imposição.

Uma criança, não tem idade e maturidade pra entender muitas coisas. Não conhece e não compreende aquilo que um adulto já vivido entende, percebe de longe. A criança tende a achar que as pessoas são boas, não tem malícia e discernimento pra perceber com rapidez intenções distorcidas. O que ela sabe é aquilo que vai aprendendo aos poucos, e dependendo de quem a orienta, ainda terá informações erradas.

Ela é alimentada com aquilo que aprende, mas o coração ainda inocente e a pouca idade não lhe dão capacidade suficiente pra entender o que um adulto entende.

Vou dar um exemplo: Se um adulto desconhecido se aproxima de uma criança (principalmente dependendo da situação dela) e lhe oferece doces ou brinquedos (por mais simples que sejam os artigos oferecidos), ela nunca vai imaginar a intenção por trás dos presentes. Nunca vai pensar que a intenção daquele adulto é um abuso sexual. Porque aquilo não faz parte do mundo dela, ela não tem noção disso.

Claro que cabe aos pais orientar, mas mesmo assim, orientar e orar, porque às vezes vemos crianças bem avoadas. Na minha época de escola, começou a surgir aquele problema de venda de droga nas portas dos colégios. Estudei em colégio particular mas mesmo assim, ninguém estava livre disso. Sempre fui muito bem orientada e ouvia direto “se te oferecerem balas, doces na porta da escola ou desconhecidos não aceite, não pegue”. E sempre procurei tomar cuidado com isso, podia passar vontade, mas não aceitava. Recebia orientação com relação a isso até na própria escola. E sinceramente, nunca perdi por ser desconfiada desde criança.

Se eu não tivesse sido muito bem orientada, talvez aceitasse. Está percebendo o problema? Porque criança não entende que a bala ou doce oferecido ali pode conter algo que lhe fará mal, lhe trará problemas futuros e isso o tornará um possível dependente.

Oriente seu filho, ou se você é líder de crianças em sua igreja, converse com elas, o ambiente da igreja não lhe impede de fazer esse tipo de orientação, estamos falando de pessoas, hoje crianças, amanhã adultos formadores de opinião, líderes, empresários, funcionários que precisam ser pessoas de bem, serem luz.

A semente plantada ainda quando criança, acredite, mesmo que ela cresça e se desvie, aquela pequena semente sempre terá a chance de germinar pelo simples fato de um dia ter sido plantada. Deus a poderá fazer lembrar, porque estará dentro dela.

Só lembrando que orientação não se faz apenas uma vez. É falar, falar, falar, cansou? É, mas vai falar de novo e de novo e quantas vezes mais forem necessárias, até que aquilo seja totalmente compreendido e absorvido pela criança. Ela vai achar chato ter que ficar ouvindo? Claro que vai, mas não é pra ser legal, é pra ser responsável e zeloso.

Não dê orientação sem explicar a razão. No caso de aceitar doces de estranhos, diga à ela que aquilo nem sempre é o que parece e pode conter algo que lhe fará mal, que causará alguma dor, mas diga também: “Não aceite o doce, mas se ficar com vontade, quando chegar em casa fale e eu lhe dou um doce”. Porque a criança pode pensar que se não aceitar, o pai e a mãe também não vão dar e ela ficará sem o doce. Saiba conversar.

Oriente para que ela não acompanhe estranhos sob qualquer pretexto, nem que lhe ofereça presentes.

“E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor.” Efésios 6:4

Não exponha seus filhos, ou qualquer criança, a situações em que elas não estão preparadas. Sou completamente contra a erotização infantil, isso é um absurdo, um abuso, um ultraje. Crianças devem ser crianças, agir como crianças, pensar como crianças, vestir-se como crianças. É lamentável quando vemos meninas vestidas com roupinhas de adulto e adulto erotizado. Mini saias, mini tops, decotes, micro shorts, aberturas desnecessárias, enfim, roupas que não seriam apropriadas nem pra um adulto. Mas os pais olham e acham tudo lindo, tudo uma gracinha, “Ah é criança, pode tudo”, quando isso gente? Não pode tudo não. Ninguém pode tudo e é desde criança que se aprende. Existem movimentos que apoiam a erotização infantil, não apoie isso. Infelizmente situações ocorridas quando crianças podem afeta-las quando adultas, terão o comportamento modificado, problemas psicológicos por ações que não deveriam ter acontecido. Aí crescem adultos que não sabem lidar com as emoções, pessoas que terão problemas em diversas áreas porque foram marcadas ainda na infância.

Quanto à questão da arte não ter limites porque precisa ter liberdade, vamos à ela. Qualquer crítica à arte principalmente envolvendo nudismo, crianças, sexo etc, já é encarado como censura. Tudo na vida tem limite, aliás o seu termina onde começa o meu. Se a arte invade esse limite, ela pode porque senão é falta de liberdade pra ela? Na verdade, acho que é falta de bom senso. Tem certas coisas que simplesmente não são necessárias e não é porque são feitas por artistas que sou obrigada a chamar de arte. São atos feitos por pessoas que no máximo querem aparecer, chamar atenção, causar polêmica com coisas sem noção alguma do que pode causar nas pessoas. Se a arte me desrespeita então não é arte, é ofensa.

Não sou contra a arte, nada disso. Sou contra aquilo que vem camuflado de bem mas na verdade é só mal. Temos faróis nas ruas, faixas, limites de velocidade, é a toa isso? Não, é para que possamos conviver e viver melhor respeitando os limites que não nos impedem de nada, apenas nos ajudam.

Temos praias de nudismo no Brasil, mas são todas? Não. Quem quer essa prática vai a praias específicas, em todas não é permitido. A limitação de praticar nudismo em algumas praias impede quem quer fazê-lo? Não, apenas respeita o direito de quem não quer. Os limites não nos impedem de viver.

Só pra fechar essa questão sobre as crianças, pelo amor de Deus, tenham cuidado! O inimigo tem agido contra as vidas cada vez mais cedo e pra ele o quanto antes ele conseguir causar estrago, ceifar um vida que lá na frente poderia ser até um servo de Deus ativo na obra, pra ele melhor. Não sejam permissivos, não olhem pras crianças e pensem “são só crianças”, não é assim. Até o inimigo já tem tentado cada vez de forma mais intensa contra elas porque sabe que elas são o futuro. Elas são a próxima geração e depois delas, virão seus filhos e netos.

Cuidado com quem você deixa fazer parte de sua vida, participar do seu dia a dia. Nós também podemos errar. Algumas pessoas ou nos enganam pela capa ou nos surpreendem pelo conteúdo.

Quantos adultos hoje, são marcados por abusos na infância, trabalho escravo, traumas e tantas coisas que mesmo depois de crescidos ainda não superaram, não sabem lidar, como amadurecer de forma saudável? Muitos, talvez até você seja um deles e necessite ser curado em suas emoções, em seus sentimentos, pensamentos. Naquilo que passou, mas que você não deixou pra trás. Peça a Deus para curar sua vida, não sei se você até nem tem conseguido orar, mas fale até em pensamento, e mesmo assim tente orar, Deus quer ouvir sua voz, ainda que em meio a lágrimas. Não se preocupe, há momentos em que as lágrimas soam mais alto do que um grito.

Igrejas, façam sua parte! Não abandone a liturgia da igreja em prol de outras coisas. Distribua bem o período do culto, tenha ordem e organização. É preciso fazer apresentação de bebês sim, é preciso orar pelas crianças sim. Tudo isso é necessário, não pense que é perda de tempo, porque na verdade é ganho. Façam de suas escolinhas pequenos cultos para as crianças. Escolinha de igreja não pode ser playground, torne um ambiente agradável para que elas queiram voltar, mas ensine-as com sabedoria.

Outro ponto que quero falar é sobre a violência contra a mulher. É absurdo o número de casos de agressão, abusos até mesmo em transporte público, assassinatos por homens com quem viviam. São problemas gravíssimos.

Por que será que acontece tanta violência contra a mulher?

A mulher é quem gera a vida (Deus dá o sopro de vida, mas a vida é gerada e desenvolvida dentro da mulher). Perdi a conta de quantos pastores, pregadores eu ouvi dizer que só estavam ali servindo a Deus porque um dia, tiveram uma mãe, uma avó ou esposa que oraram por eles.

“Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.” Efésios 6:18

 Mulheres com joelhos calejados de orar, que insistiram e não desistiram apesar das circunstâncias contrárias. E que a insistência trouxe a existência o milagre de ver aquela pessoa se tornar um servo do Senhor, de saber que a vida dele foi transformada por Deus.

Bom, os homens dizem que as mulheres falam demais (mas é brincadeira, só falamos o necessário, é treino pra oração…rs), se bem direcionado no caso da oração é extremamente importante, talvez isso explique o fato de geralmente o grupo de senhoras ser sempre o mesmo do grupo de oração e intercessão da igreja.

Mulheres e homens, pensam diferente, sentem diferente, tem visões (visões no sentido de encarar as coisas e não de revelação) diferentes, e até na hora de se expressar, se expressam diferente. Acho que talvez seja até fisiológico e não tem nada a ver com fazer fofoca nem nada do tipo, até porque os homens não se consideram fofoqueiros, mas são bons comentaristas “Só comentei com o Fulano”.

Não estou dizendo que a mulher é melhor do que o homem nem vice-versa, não coloque palavras onde não escrevi. Apenas o que geralmente vemos é que as mulheres são grandes intercessoras e se hoje temos grandes homens de Deus pregando a palavra em todo o mundo, isso muitas vezes se deve ao fato de um dia ter uma mulher orando pela vida dele.

E já vejo nisso um grande motivo para o inimigo tentar contra a mulher. Ele tem tentando acabar com tudo na raiz, se a mulher é destruída, então provavelmente vai enfraquecer. Se acabar com a vida dela e ela não tiver filhos, não haverá a possibilidade de um dia gerar uma vida que seria preciosa para Deus, ou se a marcar e enfraquecer, talvez ela nem ore mais, enfraqueça e morra espiritualmente.

Está percebendo o que está acontecendo? Ataques estratégicos contra crianças e contra mulheres. Vou repetir o que disse no início desse texto: uma das piores coisas que pode acontecer, é a pessoa estar numa guerra e não se dar conta disso, não perceber.

Quero deixar bem claro, que não estou dizendo que os homens não são alvo do inimigo, todos são. Mas nesse texto estou abordando apenas esses dois tipos de ataque.

Se a pessoa não percebe que está em guerra, ela não luta, ao contrário, se deixa levar. E aí é que mora o perigo: se deixar levar numa guerra declarada, mas não percebida, onde todo dia há um ataque que é encarado como “faz parte da vida”, “é o mundo moderno”. Lute, lute!! Tenha fé, força, coragem. O medo não anula a coragem, eles devem agir de forma independente.

Nossa guerra é espiritual, precisamos estar em oração constante. Crie o hábito de orar, fará toda a diferença. Não façamos orações egoístas, lembremos de clamar também por aqueles que não podem se defender, por aqueles que dependem de nós e pelos que sofrem.

Clamemos em oração sim, mas também clamemos por novas leis nesse país, façamos ouvir nossas vozes nos lugares de onde saem os comandos para o Brasil.

A guerra acontece todos os dias mesmo que você não veja, esteja preparado para lutar!

“Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.” Efésios 6:12

No Amor de Cristo

Ana Lucia Salles

Mensagem no Balão

convite1

Paz amados! Nesse domingo de temperatura agradável aqui em São Paulo, resolvi fazer algo diferente. Há uma semana, durante o culto de domingo, veio em minha mente de comprar um cilindro de gás hélio para enviar um de meus folhetos através de balões (aquelas bexigas de festa).  Sinceramente, eu nem estava pensando nisso, veio do nada e achei bem interessante.

Imprimi os folhetos (o modelo escolhido foi o do convite, achei que tinha tudo haver com os balões) coloquei o endereço de uma igreja, enrolei e amarrei com fitilho colorido. Incrível como eles vão longe, fiquei impressionada. O cilindro de gás que comprei dá pra encher até 50 balões de 9 polegadas.

Fiquei imaginando onde vão parar,  até quem chegarão. Desde casas, até moradores de rua, pessoas que precisam de uma palavra.

Foram longe, até os perdi de vista. A maioria soltamos separados e alguns optamos por soltar juntos. O vento os levava pra bem distante daqui, creio que os conduzia aos lugares certos.

Apesar de já ter dado várias idéias de evangelismo criativo aqui no blog, essa acho que nunca falei, e também nunca havia feito. Coloquei as fotos abaixo,  inclusive a do cilindro porque sei que muita gente não conhece. Então fica a dica.

Que Deus abençoe a quem receber.

No amor de Cristo

Ana Lucia Salles

baloes 1

baloes 2

baloes 3

baloes 5.jpg

baloes 6

baloes 8.jpg

baloes 9

gas helio

Não se Acostume

nao se acostume

Há um poema bem conhecido onde o tema principal é o fato da gente se acostumar fácil a tudo ou a quase tudo. Vou colocar aqui um pequeno trecho: “A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e a não ter outra vista que não a das janelas ao redor. A gente se acostuma a não abrir de todo as cortinas, e a medida que se acostuma, esquece o sol, o ar, a amplidão.” (Marina Colasanti).

Realmente, parece que nos acostumamos muito fácil até mesmo a coisas ruins. Isso é algo que precisa ser mudado urgente. A gente se acostuma a rotina, e se acostuma com os problemas, e passa a achar que coisas erradas são normais. A gente se acostuma a sofrer e com isso pensa que Deus nos abandona nos momentos de dor, e por isso desanima e começa a parar de orar e de buscar. Sem perceber, passam os dias, as semanas, os meses, anos. O tempo vai passando e se acumula num período de costumes errados.
O tempo é traiçoeiro, não envelhecemos a cada ano, mas sim a cada dia. Perceba rápido a que você tem se acostumado, abra os olhos depressa e mude. Talvez sua vida não esteja como gostaria, mas você não precisa ser outra pessoa, basta ser um novo você. Renove o seu entendimento, seus conceitos, sua visão. Durante toda nossa caminhada, é preciso renovação.
Não se acostume a cobrar retidão de políticos se você fura a fila, estaciona em vaga proibida, rouba e engana o seu próximo ou fica com dinheiro a mais que o caixa lhe deu de troco errado, sabendo que ele será cobrado depois. “Ah mas ninguém viu e a culpa não foi minha mesmo”. Os olhos do Senhor estão por todo lugar. Não se acostume a levar vantagem, prejudicando alguém.
Não se acostume com o errado (ainda que pareça comum), não se acostume com o “não orar”. Não se acostume a apenas existir. Existimos por uma razão, não apenas pra levar nossa existência numa rotina alucinada de medíocre sobrevivência. Não se acostume a não olhar para os lados, não se acostume a não perceber o próximo, não se acostume a não fazer nem mal nem bem.
Por favor, não se acostume a frases bonitas em redes sociais. Acho isso muito plastificado (não estou generalizando). A frase bonita não te define se você não a coloca em prática verdadeiramente. Em redes sociais, é tudo muito bonito, a foto perfeita, a frase incrível, pessoas boas por todos os lados, Deus em todos os lugares, até na boca de quem nem acredita, apenas para parecer bom. Nunca vemos os invejosos, apenas os invejados, nunca encontramos as pessoas ruins, apenas aquelas que desejam a paz mundial.
Não se acostume a achar que é bom, por compartilhar frases de efeito. Não se acostume a pedir oração pelo “Fulano” se você mesmo não ora por ele. Não se acostume a cobrar dos outros, atitudes que nem você tem.
Não se acostume a não dizer “obrigado”, seja grato. Não se acostume a não olhar o céu, não se acostume com situações que parecem não mudar, tudo tem fim. Não se acostume a esse mundo, não pertencemos à ele. Não somos daqui e vamos para um lugar lindo e preparado para nós. Aqui é temporário. Não se acostume a falta de amor e de perdão. Não se acostume a não conversar com Deus diariamente, e a dizer tudo aquilo que te aflige e agradecer por todas as bençãos.
Não se acostume a ser escravizado pelo trabalho, por pessoas, situações, vícios e sentimentos. Você pode dizer NÃO. Não seja o causador (ou continuador) do seu próprio mal. Se não está bom, mude de rumo, tente outra vez, nasça de novo. Sempre é possível recomeçar, mesmo que esteja no meio do caminho. Não se acostume a pensar que falta de forças significa o fim, quer dizer apenas que você precisa se reabastecer, isso é totalmente possível.
Entenda que a vida é feita de vitórias, derrotas, risos, choros. Tudo isso faz parte e sinceramente está na bíblia, ela não é um livro enganador.
Não se acostume a deixar Deus de lado de suas decisões e depois culpa-lo por algo que você nem o consultou. Não se acostume a estagnação, anseie melhorar e crescer como pessoa, lute.
Não se acostume a desistir, você pode ir mais longe, Deus te criou com capacidade de superação, resiliência; você foi feito pra resistir. Não se acostume a não sentir a presença de Deus.

No Amor de Cristo

Ana Lucia Salles

Navegação de Posts