crescercomcristo

Just another WordPress.com site

O Bom Samaritano Pode Ser Você

o bom samaritano

Podemos tirar valiosas lições dessa parábola. Uma das que mais nos chama a atenção é o oposto do que muitos pensam: que para ajudar ou ser ajudado por alguém é preciso ser amigo dessa pessoa, conhecer muito bem, ter uma estreita relação ou parentesco. Isso não é verdade. Vejamos:

O homem estava caído num lugar visível, um sacerdote que passava, ao vê-lo passou longe e o levita fez o mesmo. O que se esperava era que um deles parasse para ajudar , mas seguiram seus caminhos.

Um samaritano (os samaritanos não se comunicavam com os judeus) passou por aquele caminho e ao vê-lo caído se aproximou. Eles não eram amigos, não se conheciam, mas o samaritano, contrariando tudo o que se esperava teve compaixão dele e fez o que ninguém queria fazer, ajudou aquele homem. Cuidou das feridas dele e o  levou para uma estalagem, onde deu ordem e dinheiro para que cuidassem dele e se gastasse m além do que ele havia pago, pagaria mais quando voltasse.

“E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de  toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao  teu próximo como a ti mesmo.”  Lucas 10:27

O próximo é alguém que chega ao seu conhecimento a necessidade e que você querendo e podendo ajudar o ajuda. O próximo pode estar perto, bem ao seu lado ou do outro lado do mundo. O próximo é alguém que precisa de alguém que se disponha a ajudar. Lembre-se: o próximo não é necessariamente alguém que você conheça ou goste.

“Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de  beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça.” Romanos 12:20

Bondade e generosidade parecem estar fora de moda; principalmente quando as pessoas se sentem mais à vontade no mundo virtual do que no real. A internet aproxima, encurta distâncias mas também afasta e de repente o máximo de abraços que vemos são os enviados em cartões virtuais ou mensagens de felicidade pelo facebook,. Uma pessoa pode ter um milhão de “amigos” na internet, nas redes sociais e ainda assim não ser próxima de nenhuma deles. Essa “amizade” pode não passar de compartilhamento de arquivos, muitas vezes inexpressivos e que acabam sendo entulhados nas páginas pessoais.

Pouco é absorvido, a velocidade da informação  é rápida e não há tempo para atitudes reais para com a pessoa por trás da máquina. O que vale nessa onda digital é acumular seguidores, “amigos” e arquivos. Não sou contra nada disso, compartilhe coisas boas, espalhe a plavra de Deus, evangelize; mas também desconect-se um pouco, pois tem gente no mundo real precisando de você. De nada adianta sentar à frente do computador e distribuir uma frase bonita entre os “amigos” virtuais e ao sair dali ter atitudes completamente contraditórias às belas palavras.

Quando se fala em ajudar o próximo, pensa-se logo em dinheiro, mas nem sempre é isso.  Pode sim, ser uma ajuda financeira com dinheiro, cestas básicas ou o que for necessário, mas também pode ser orando, aconselhando; cedendo a vez numa fila, socorrendo e tantas outras coisas.

Não deixe para outro dia, não espere para ajudar, oensando que com certeza alguém fará algo e por isso você não prcisa fazer.  Se você sabe que alguém está passando necessidade, aja rápido, porque como já dizia o slogan de uma antiga campanha publicitária: “quem tem fome tem pressa”.

Imagine a pressa de alguém que passou o dia inteiro sem se alimentar. Deus nos diz que devemos amar o nosso próximo cono a nós mesmos, se fosse você passando fome, você teria pressa? Então tenha a mesma urgência para com um semelhante.

“Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus,  de modo nenhum entrareis no reino dos céus.”  Mateus 5:20

Deus pode moves o seu coração para ajudar pessoas e também move o coração de pessoas para te ajudar, até mesmo de pessoas que não gostam de você ou nem te conhecem, pelo tempo que for necessário.

“Levanta-te, e vai para Sarepta, que é de Sidom, e habita ali; eis que eu ordenei  ali a uma mulher viúva que te sustente.”  I Reis 17:9

Esqueça a raiva, perdoe e ajude quem precisa de você. Engula o orgulho e permita-se ser ajudado. As pessoas parecem estar cada vez mais nervosas, egoístas e sem paciência; não é difícil ver alguém dar uma fechada no trânsito; até sem querer e quase ser agredido por isso ou quando alguém ocupa indevidamente a vaga exclusiva para idosos e deficientes e ainda discute com a pessoa para a qual a vaga era de direito. A rua torna-se uma selva.

Comece se policiando no dia a dia, porque bondade também se faz com pequenos gestos e se começa em casa.

“Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha  vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.”  Salmos 23:6

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos,  bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos  maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos  céus;
Porque faz que o seu sol se levante  sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
Pois, se amardes os que vos amam, que  galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?
E, se saudardes unicamente os vossos  irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim?
Sede vós pois perfeitos, como é  perfeito o vosso Pai que está nos céus.” Mateus 5:44-48

Devemos ser cuidadosos ao lidar com a questão verdade/bondade. Por exemplo: se você sabe da necessidade de alguém e se recusa a ajudar só porque a pessoa não é de sua igreja ou é de outra religião. Fazendo isso, você sobrepões a sua verdade, aquilo em que acredita sobre a bondade. Sei que parece desnecessário explicar isso, mas muitos tratam a igreja como um clube fechado oara os membros com carteirinha e quando muito só ajudam entre si.

Amado, evangelho não é seita. Sabe qual foi o grande diferencial do samaritano da parábola? Ele está se dispondo a ajudar uma pessoa quele ele não conversava, que provavelmente tinha conceitos diferentes dos dele, mas ainsa assim ele ajudou.

Jesus vivia cercado das pessoas que mais precisavam, ele não discriminava ninguém, não dizia: “ah você é prostituta? então fique longe de mim!” Ao contrário, sempre esteve próximo dos necessitados.

Aquela famosa frase”cada um com seus problemas”, não é bem assim; não podemos ser egoístas. Não estou dizendo pra sair por aí resolvendo ou tentando resolver o problema de todo mundo, até porque isso não é bondade, é intromissão e falta de senso de limite. Algumas pessoas usam a desculpa de “só quero ajudar” pra invadir a vida dos outros e dar palpite errado aonde nem lhe foi solicitado. Nos momento mais difíceis é que descobrimos com quem podemos contar e muitas vezes não é com aquele que considerávamos amigo, aquele que não sai de sua casa e que você diz: “Fulano é tão legal”, é legal? precise dele pra ver o que acontece.Tem certas situações na vida, que precisamos passar sim, e por mais que nos dôa e dói mesmo, é necessário para uma lapidação de crescimento pessoal. Mas algumas coisas podemos e devemos ajudar sim, é nosso dever. Deus não nos criou para sermos egoístas e vivermos envoltos ao nosso próprio problema, quase que mergulhados e absorvidos por nossas dificuldades.  Dorcas é um bom exemplo disso, uma mulher viúva a quem Deus deu um dom que aos olhos de muitos é uma coisa simples, mas ela usava para fazer a diferença e ajudar ao próximo. Dorcas costurava túnicas e vestidos para outras viúvas e pessoas necessitadas. Dorcas deixou a marca dela na vida das pessoas de tal forma que até na hora de sua morte, não se conformaram e foram em busca de Pedro para que fizesse algo, e Pedro fez. Clamou ao Senhor e lhes apresentou Dorcas viva novamente para alegria de todos, por causa de disso muitos se converteram.

Não cobre a ajuda. Ajudou alguém? ótimo, você fez sua parte e Deus está vendo. Jamais coloque um jugo sobre a pessoa a quem ajudou achando que porque ajudou agora a pessoa tem uma dívida eterna com você. Não é na base do toma lá dá cá.

Nossa vida é o melhor testemunho que podemos dar às pessoas, como agimos e o que fazemos.

Só posso terminar esse artigo, repetindo o que disse Jesus ao que lhe questionava sobre quem seria o seu próximo:

“Qual, pois, destes três te parece que foi o próximo  daquele que caiu nas mãos dos salteadores?
E ele disse: O que usou de misericórdia  para com ele. Disse, pois, Jesus: Vai, e faze da mesma maneira.” Lucas: 10:36-37.

No Amor de Cristo

Ana Lucia Salles

Navegação de Post Único

Uma opinião sobre “O Bom Samaritano Pode Ser Você

  1. FIQUEI ENCANTADA COM O ESTUDO. GARÇAS A DEUS POR TUA VIDA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: