crescercomcristo

Just another WordPress.com site

Arquivo para o mês “fevereiro, 2013”

David Livingstone – O Homem que Amava a África

David Livingstone

Já há algum tempo pretendia falar sobre David Livingstone, sua história de vida e seu amor por missões que inspiram muitos até os dias de hoje. Se você nunca ouviu falar desse missionário, saiba que ele amou a África e o povo africano.

De origem humilde, David teve de começar a trabalhar bem cedo para ajudar em casa, seu pai era comerciante e professor da Escola Dominical. David sentia, em seu coração que Deus o estava chamando para o seu serviço.

Foi numa reunião de missionários, que David conheceu o senhor Robert Moffat. Ele havia chegado de África. Olhando bem os  olhos de David, o sr. Mofat lhe disse: “Há uma grande planície ao norte da África e tenho visto a fumaça de milhares de aldeias. Nenhum missionário chegou lá até hoje”. “Irei para lá” – Respondeu Davi imediatamente. 
Após dois anos de estudos, David estava preparado para partir.

David ficou seis meses na aldeia e logo aprendeu bem a língua deles. Ensinou-lhes a Palavra de Deus e eles ouviam atentos e  aprendiam cada dia com David.

 Certa vez, não havia água na aldeia para o povo. O feiticeiro da tribo procurou David e o desafiou a fazer chover, porque ele tentou e não conseguiu nada. David aceitou o desafio  e com  a ajuda de alguns homens  e como havia um rio , cavaram com pás de madeira e fizeram a canalização do rio até á aldeia. Foi o primeiro sistema de irrigação no Continente Africano.

As dificuldades iam aumentando. Mais tarde encontraram uma caravana de homens, mulheres e crianças, acorrentados e amarrados uns aos outros. Os traficantes batiam neles com chicotes. Quando viram David, fugiram com medo. David soltou-os todos. David fundou escolas, missões, abriu caminhos para o comércio, para acabar com o tráfico de negros. Sua esposa teve uma filha enquanto viajava.  David só teve a noticia, um ano depois que a filha nasceu. Ela juntou-se à expedição com David. 
     Antes de iniciar a sua última expedição, para descobrir as nascentes do  rio Nilo, tendo ficado só, longe de sua civilização, ele fez uma oração e esta foi encontrada em um diário: “Meu Deus, meu Pai, minha vida meu tudo. Novamente dedico todo o meu ser a Ti. Aceita-me e concede, Oh misericordioso Pai, que antes do final do ano eu possa findar a minha obra. Em nome  do  Senhor Jesus Cristo, amém!!!”

      Em 1871, Stanley, um repórter, com 191 pessoas partem á procura de David. Foi a sua  maior aventura jornalística. Enfrentou muitos problemas, febre amarela disenteria, chuvas constantes e pesadas durante todo o tempo, mas ele prosseguia firme no propósito de encontrar David.

Stanley encontrou o famoso missionário David Livingstone no coração da África e disse: Fui à África levando o preconceito do maior ateu de Londres, mas quando eu vi, aquele idoso solitário, perguntei a mim mesmo – Qual seria a razão que o levaria a ficar aqui nesse fim de mundo? O que é que inspira esta vida? Por meses fiquei pensando muito nele, enquanto ele levava sua missão para a frente, comandado pela Bíblia, deixando para traz tudo para seguir a Cristo. Vendo sua piedade, sua gentileza, seu zelo, sua sinceridade, pouco a pouco minha simpatia por ele foi aumentando. Fui convertido por ele, apesar de que ele nem tentou me mudar. Não foi a pregação de Livingstone que me converteu, foi a vida de Livingstone.”

     Em 1872, a sua idade e forças já não eram como as de antes. Cansado e exausto pelas longas viagens, ficou doente. Mas ele não desistiu. A chuva caía sem cessar. Ele quase não falava. Mas mesmo  assim, David não deixava de fazer os cultos aos domingos e orar com os seus companheiros. De vez em quando lhes pedia para pôr a maca no chão. Construíram uma pequena cabana, e lá puseram o doente. Não podia ir mais além.

     Uma hora antes de amanhecer, viram David de joelhos ao lado da cama, com a cabeça entre as mãos.  David acabava de fazer a sua grande e última viagem – foi para o céu. Milhares de pessoas que o ouviram e aceitaram Cristo, em suas vidas, foram prestar-lhe o último adeus. Tinham tanto amor por David, que não queriam ficar sem ele.

Seus fiéis companheiros de viagem, arrancaram-lhe o coração, e enterraram debaixo de um carvalho em Chitambo, e o corpo embalssamado, para as demais aldeias se despedirem, antes de ir para Londres. 
Há quem diga que seus fiéis companheiros antes de arrancarem o coração, declararam que o corpo poderia voltar pra Londres, mas o coração deveria ser enterrado na África. 

“O Coração do Dr. David Livingstone está na África, seu corpo descansa na Inglaterra, e sua influência continua”.

************

 O que você acabou de ler é um resumo que preparei sobre David Livingstone, mas existem diversos livros sobre a vida de Livingstone, suas descobertas, realizações e sua importância para a obra missionária.

No final desse artigo, tem duas ilustrações em pdf estilo história em quadrinhos sobre a vida de David Livingtone. É só clicar com o botão direito do mouse sobre cada título da ilustração e em seguida em salvar como.

Decidi escrever sobre ele hoje, para que você possa ser inspirado pela história de vida de alguém que dedicou seus dias para servir ao Senhor e ir aonde muitos não queriam, não se dispuseram. É muito fácil dizer: “Eis-me aqui Senhor, envia-me para a obra missionária”, mas quando Deus manda ir a lugares onde a evangelização é difícil e a perseguição é grande, muitos se escondem e se fazem de desentendidos.

Nem todos irão à África ou a qualquer outro país para evangelizar, mas você pode fazer sua parte de onde você estiver. Comece falando de Jesus para os que estão perto, ajude também os missionários que se dispuseram à ir longe, e abriram mão de suas vidas por amor à Cristo e a vidas que nem conhecem. Há muitos missionários presos, perseguidos, expulsos dos países à que foram evangelizar; outros tem o visto de permanência negado insistentemente, alguns são capturados torturados e mortos. Há também os que são obrigados a voltar ao país de origem por falta de verba para mantê-los longe.

Se você não vai, então ore por eles e ajude até mesmo financeiramente àqueles que estão longe. As dificuldades são muitas, os obstáculos surgem diariamente e a perseguição não cessa, procure uma agência missionária séria e se envolva orando e ajudando a manter um missionário. Que o seu coração seja quebrantado por aquilo que toca o coração de Deus.

David Livingstone_pt2

David Livingstone_pt3

No amor de Cristo

Ana Lucia Salles

Anúncios

Pedras ao Mar

pedras ao marCerta vez, um homem caminhava pela praia numa noite de lua cheia. Pensava desta forma: – Se tivesse um carro novo, seria feliz; Se tivesse uma casa grande, seria feliz; Se tivesse um excelente trabalho, seria feliz; Se tivesse uma parceira perfeita, seria feliz, quando tropeçou com uma sacolinha cheia de pedras.

Ele começou a jogar as pedrinhas uma a uma no mar cada vez que dizia: – Seria feliz se tivesse… Assim o fez até que somente ficou com uma pedrinha na sacolinha, que decidiu guardá-la. Ao chegar em casa percebeu que aquela pedrinha tratava-se de um diamante muito valioso.

Você imagina quantos diamantes ele jogou ao mar sem parar para pensar?

Assim são as pessoas – jogam fora seus preciosos tesouros por estarem esperando o que acreditam ser perfeito ou sonhando e desejando o que não têm, sem dar valor ao que têm perto delas. Se olhassem ao redor, parando para observar, perceberiam quão afortunadas são.

Muito perto de si está sua felicidade.

Cada pedrinha deve ser observada – pode ser um diamante valioso.

Cada um de nossos dias pode ser considerado um diamante precioso, valioso e insubstituível.

Depende de cada um aproveitá-lo ou lançá-lo ao mar do esquecimento para nunca mais recuperá-lo.

E você como anda jogando suas pedrinhas? Que podem ser familiares, amigos, trabalho, e até mesmos seus sonhos…

Vivo Por Jesus, Sorria, Kibon

vivo por jesus

chicletes sorria jesus te ama

kibon que aceitei jesus

As Portas

as portas abertas

Todos os dias abrimos e fechamos portas para ir e vir de determinados lugares, até mesmo dentro de casa temos de abrir e fechar portas, os corredores são caminhos que nos levam à elas. Muitas vezes nos deparamos com portas fechadas onde só é permitida a entrada de pessoas autorizadas. Uma porta é feita para proteger o local de invasores, só entra pela porta quem tem acesso, quem tem autorização para isso. Por exemplo, se você for a uma empresa e em alguma porta estiver escrito “SOMENTE PESSOAS AUTORIZADAS”, você só pode entrar por aquela porta se o dono da empresa lhe convidar, se lhe der autorização.

“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que não entra pela porta no curral das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador. Aquele, porém, que entra pela porta é o pastor das ovelhas.” 
João 10:1-2

Espiritualmente falando também há portas abertas e portas fechadas. A questão é que muitos clamam à Deus pela abertura de portas, mas não a reconhecem quando o Senhor as abre bem diante de seus olhos ou tem medo de entrar por ela. A bíblia diz que quando Deus abre NINGUÉM PODE FECHAR, veja o versículo abaixo:

“E ao anjo da igreja que está em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e NINGUÉM FECHA; e FECHA, E NINGUÉM ABRE:
Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome.” 
Apocalipse 3:7-8

Então vejamos, se Deus lhe abriu uma porta, por acaso aquela pessoa que não gosta de você e faz de tudo para te prejudicar, pode fechar essa porta? NÃO PODE. Talvez então, aquelas pessoas com mais estudo e que estão disputando a mesma vaga que você, que falam cinco idiomas, tem cursos até no exterior, essas podem fechar a porta que Deus lhe abriu? NÃO PODEM. A empresa concorrente com muito mais estrutura que a sua e que está disputando uma licitação, essa pode fechar a porta? NÃO PODE. Você encontrou o imóvel dos seus sonhos, mas alguém chegou antes e fez uma proposta tão boa quanto a sua, ah essa pessoa pode fechar a porta e ficar com o imóvel que Deus separou pra você? NÃO, NÃO PODE.

Muitos acreditam que somente a própria pessoa a quem Deus abriu a porta é quem pode fechá-la, particularmente discordo, porque quando a bíblia diz que ninguém fecha, é porque ninguém fecha e ponto final. Nem você pode fechar a porta que Deus abriu, mas há uma escolha: entrar ou não pela porta.

Ao não entrar pela porta aberta, você não a fecha, mas é como se estivesse pegando a porta e jogando pela janela. Ela permanece aberta, mas ao dizer “sei que isso é de Deus, mas não quero”, outra pessoa poderá entrar por ela porque você simplesmente abriu mão e fez uma escolha, a escolha de não entrar. Deus é amor, faz parte do natural de Deus abençoar aqueles a quem ama, portanto não tenha medo quando uma porta nova lhe for aberta, ainda que você ache que é demais pra você ou que é pouca coisa e por isso a despreze, saiba que essa é a porta que Deus abriu e ao entrar por ela você descobrirá coisas novas e a partir dela, outras portas se abrirão.  Portas não são obstáculos, são passagens e oportunidades.

Quem se recusa a entrar pelas portas abertas seja por medo ou por não dar valor, passará a vida do mesmo jeito, vivendo igual, sem novas experiências, sem crescimento significativo e sem grandes conquistas. Há algo do outro lado da porta, para descobrir é preciso entrar.

Na vida, fechamos e abrimos portas e até mesmo o fechamento de portas é necessário. A saída de um emprego é uma porta que se fecha, para que a porta de uma oportunidade nova se abra.

Não adianta reclamar, a vida é feita de ciclos e para que um novo ciclo comece é preciso fechar a porta do que termina. Nesse caso não é permitido deixá-la entreaberta para ali voltar, como a página de um livro que é lida e relida diversas vezes. Porta fechada, ciclo encerrado e que venha a próxima porta aberta, porque o melhor de Deus está por vir.

 

“Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens.”
João 10:9

No amor de Cristo

Ana Lucia Salles

O Vidro da Separação

vidro da separacao

Dino era um menino cuja família era extremamente pobre. Nas festividades ele não ganhava nenhum presente, mas costumava olhar nas vitrines das lojas tudo aquilo que outros meninos de sua idade costumavam receber e isso lhe trazia grande entusiasmo. Logo no início do ano ele foi atropelado por um carro e levado a um hospital. Uma das enfermeiras levou-lhe alguns brinquedos para que ficasse um pouco mais alegre. Ao tocá-los, com grande regozijo ele exclamou: “Não existe nenhum vidro entre mim e os brinquedos!”.

Muitas vezes não podemos tomar posse de tantas bênçãos que Deus tem nos oferecido porque ainda existe um vidro de separação entre nós e o Senhor. Esse vidro pode ser motivado por tantas coisas, pode ser a rebeldia, desobediência, indiferença às coisas celestiais, etc.

Quando deixamos que nossos interesses pessoais tomem lugar em nosso coração, acabamos construindo um vidro que não permite que cheguemos à presença de Deus, mas ao abrir mão de tudo isso poderemos alcançar a verdadeira felicidade, como na ilustração que acabamos de ler. Só você sabe o que tem lhe separado de Deus e só você pode quebrar esse vidro para que a sua ligação com o nosso Pai Celestial se torne real e verdadeira.

Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós…”.

Tiago 4:8

Já se Alimentou Hoje?, Bajuladores, Desmascarar Pecados

lucas 4 4

bajuladores se parecem com amigos

desmascarar os pecados

 

Navegação de Posts