crescercomcristo

Just another WordPress.com site

O Mal Sorrateiro

O mal chega sorrateiro. Muito cuidado, porque o diabo não se apresenta a você dizendo: “muito prazer, sou o diabo, vim para matar, roubar e destruir”. Ele chega a você como algo terno, bonito, parecendo puro e doce.

É assim que muitos caem, porque são levados a determinados pecados e vícios sorrateiramente. Passeiam ao lado de um abismo, certos de que nunca cairão e que isso nunca acontecerá com eles, pois julgam estar no controle da situação. O abismo não é lugar para passeios, brincar com o pecado traz consequências. Aquilo que começa aos poucos de repente toma proporções avassaladoras. Um copo de bebida de vez em quando, socialmente, passa a ser um copo a mais num outro dia, e de outra um pouco mais forte, mas é claro, sempre em ocasiões especiais que por acaso começam a acontecer constantemente.

O fim não acontece de uma vez só, começa aos poucos, devagar. Vai deformando a pessoa, até que ela fique irreconhecível para si mesma. Perde-se um amigo, mas não tem problema porque sobraram vários, perde-se um bem, mas não vê problema porque ainda tem mais, perde-se o trabalho, mas continua não vendo o problema porque afinal se perder tudo ainda terá esse novo submundo para se viver ou melhor, ter uma subvida.

Não se acostume com as perdas, não se acomode no pecado, no erro, no vício, esse não é o seu lugar. Cuide-se para não se sentir confortável com uma vida errada. Antes de chegar ao fundo do poço, olhe para cima e lembre-se que há tempo para voltar atrás. Deus sempre estará com a mão estendida.

Nenhum lugar é longe demais que o braço de Deus não possa te alcançar, lembre-se disso.

A profundidade da vida, não está em conhecer o fundo de cada poço que as adversidades lhe apresentam, mas em estando na superfície conseguir manter o foco, a cabeça erguida acima do nível da água e lembrar que ainda que você tenha parado de sonhar, Deus continua tendo sonhos e planos pra você e cabe somente à você realizar.

Erga-se porque o Senhor está contigo.

Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade.
Salmos 145:18

Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão.
Tal ciência é para mim maravilhosíssima; tão alta que não a posso atingir.
Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?
Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também.
Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar,
Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.
Se disser: Decerto que as trevas me encobrirão; então a noite será luz à roda de mim.
Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa;
Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe.
Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.
Salmos 139:5-14

 Ana Lucia Salles

Navegação de Post Único

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: