crescercomcristo

Just another WordPress.com site

Será que ”FICAR” agrada a Deus?

Será que ”FICAR” agrada a Deus?

 Tema polêmico que gera controvérsias no meio evangélico.  Essa moda atinge mais as chamadas gerações Y e Z. A geração Y é a das pessoas nascidas a partir dos anos 80 (alguns incluem os nascidos nos anos 70), geração da internet, pessoas que cresceram enquanto havia grandes avanços tecnológicos, sociais e políticos. Criados em meio a altas tecnologias e tendo como uma de suas principais características o estímulo à participação de atividades simultâneas. Fazem parte da geração Z os nascidos a partir dos anos 90, quando houve uma explosão de tecnologia, essas pessoas são extremamente familiarizadas com o mundo digital e têm como característica o ato de zapear. Zapear é mudar rapidamente, por exemplo, ficar trocando o canal da televisão, rádio etc.

Já se começa a entender como surgiu o famoso “ficar”. Com o mundo avançando em diversas áreas, tudo ficou mais rápido. Aperta-se um botão e pronto, num clique se resolve muita coisa. O que influencia o comportamento dessa geração é a velocidade, tudo muito rápido, e claro, isso mudou também a maneira de se relacionar. É comum ouvir jovens gabando-se por ter ficado com 2, 3 ou 4 pessoas numa única noite. Você já deve estar se perguntando o que afinal significa “ficar”, alguns chamam de pré-namoro, outros dizem que ficar serve para conhecer melhor a pessoa. O “ficar” pode ser beijar, abraçar, carícias mais ousadas e tudo mais o que esse temporário casal desejar.  Quem fica, usa sempre o mesmo argumento “como vou saber se quero namorar a pessoa sem ficar antes?” ou então “eu fico porque é uma boa maneira de se conhecer a pessoa, saber se o beijo é bom e tal”.  Tudo para tentar camuflar a verdadeira razão, que é a falta de compromisso, de envolvimento.  O “ficar” nada mais é do que o ato de zapear levado para as relações humanas, uma experimentação rápida.  Para os jovens, ganha-se uma boa fama rápido, quem ‘’fica” mais, limite praticamente não existe.

Dizer que ficar serve para conhecer a pessoa antes de namorar é uma grande mentira, quem fica, em sua maioria não tem intenção de um posterior namoro; a idéia é justamente essa, não se comprometer. A pessoa se sente atraída fisicamente por outra e deseja a companhia dela por alguns momentos, uma amostra grátis de um namoro; depois cada um vai para um lado e a busca pela próxima “ficada” segue seu rumo. É a saciação de um desejo momentâneo, uma relação descartável, a banalização dos sentimentos.

Mas será que “ficar” agrada a Deus? Será que isso faz parte dos propósitos de Deus? Em toda a bíblia, fica cristalino, que o que agrada a Deus é o relacionamento legítimo e verdadeiro, um comprometimento tanto na relação do homem com Deus, quanto nas relações afetivas.  Nosso corpo é templo do Espírito Santo (I Cor 6:19), como pode alguém que é templo do Espírito, ter as mesmas atitudes de uma pessoa que ainda não aceitou Jesus? Em sua carta aos Coríntios, Paulo orienta a igreja quanto ao casamento, diz que é melhor casar do que se abrasar (I Cor 7:9); é melhor um relacionamento sério do que um entusiasmo momentâneo. Isso porque Deus ama o compromisso, tanto é que em Gênesis está escrito: “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma só carne.” Gn 2:24. Para que não haja um envolvimento superficial, para que haja participação e comprometimento.

Antes dessa onda do ficar surgir, as pessoas já se relacionavam, já namoravam.  Mas para se conhecer realmente a pessoa não era necessário sair beijando todo mundo, ter intimidades que não convém a jovens cristãos.  Era a famosa paquera, o olho no olho, conversas, orações, passeios; bilhetinhos, observar o jeito da pessoa para somente depois partir para um namoro. Nada fútil e invasivo, como se vê hoje em dia. No ficar, não se conhece ninguém, é tão superficial que em muitos casos os jovens não se lembram nem o nome da pessoa que ficaram. Há um filme baseado num livro de mesmo nome que se chama: Em seus passos o que Jesus faria?

Pense nisso, será que Jesus agiria dessa forma? Será que aprovaria o ficar?

O ficar pode deixar marcas nas pessoas que consentem com isso, pois uma simples curtição pode mexer com os sentimentos de uma das pessoas envolvidas, levando-a a querer um namoro sim, algo mais sério; enquanto a outra parte não tem a menor intenção em continuar. Isso é brincar com os sentimentos de alguém, iludir e machucar a pessoa ou sair machucado sem necessidade.

Em I Pedro 1:16 está escrito: “Sede santos porque Eu sou Santo”.

Se quem não segue a moda do ficar é taxado de diferente, então seja diferente e não siga uma tendência criada no mundo para pessoas que estão no mundo e infelizmente imitada por pessoas que conhecem a Cristo, escolha sempre agradar a Deus e não aos homens. O que Deus tem pra você não é uma moda passageira é uma benção permanente, busque a Deus para que Ele lhe envie a pessoa que será benção em sua vida e você na vida dela.  Ficar para ser aceito num grupo, ficar porque todo mundo fica, fuja porque isso não é para você.

“Casa e riquezas são herdadas dos pais; mas a mulher prudente vem do Senhor.”

Provérbios 19:14

 Autor: Ana Lucia Salles

Navegação de Post Único

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: