crescercomcristo

Just another WordPress.com site

O Crente Papagaio

 

Tenho visto um novo tipo de crente muito comum nas igrejas, o papagaio.

Sei que existem várias abordagens sobre o assunto, mas a que quero ressaltar é sobre o comportamento de repetição. O crente papagaio é aquele que vai à igreja e “aprende” rapidamente que deve orar, cantar, levantar as mãos e se possível chorar. Afinal, lágrimas são bem vistas na congregação e ajudam a dar aquele ar mais espiritual.

Quero crer que os que assim agem, não o fazem de forma consciente, ao menos não a maioria, mas certamente há sim, os hipócritas profissionais.

O crente papagaio é o famoso simpatizante.  São aqueles que simpatizam com o cristianismo, com a ideologia, mas não são convertidos. Talvez, pelo prazer de estarem inseridos num grupo, participam como se fossem cristãos, mas permanecem no mundo e o mundo neles.

Dentro da igreja, observam o comportamento adequado para o ambiente e o reproduzem. Até cantam, mas não louvam, até choram (movidos por uma memória afetiva), até falam mas não é oração. São palavras vãs que não tem fé e força suficiente nem para subirem ao teto, quanto mais ao céu. Encaram a bíblia como um adorno para a mão ou para gaveta ao lado da cama.

Falta-lhes o entendimento, a fé, a consciência, pois o culto que devemos prestar ao Senhor é racional. (Romanos 12:1-2)

Infelizmente, acredito que muitos são crentes papagaios. Há igrejas lotadas de pessoas que anseiam participar de algo, mas não desejam nadar, preferem ficar boiando para que a onda, o movimento os leve. Simpatizam com a Palavra que é ouvida, até representada por eles, mas nunca absorvida. Os simpatizantes se passam por cristãos na aparência, mas não na essência.

Reprodução de comportamento e imitação não é conversão. O verdadeiro cristão é o sal da terra, se tentarem reproduzir o sal, nunca terão o mesmo sabor, ou é ou não é.

Um sal insípido, que não salga e não tempera, não serve pra nada. Experimente fazer uma dieta com alimentos sem sal, você pode até usar mais temperos para disfarçar, mas o sabor não será o mesmo. É como os que adquirem um produto falsificado devido ao baixo preço, mas sabem que não é igual ao original nem na qualidade.

Muitos dizem que são cristãos porque vão à igreja, até creem na existência de Deus e admiram os ensinamentos de Jesus (que muitos consideram como um personagem literário), mas se esquecem de que é preciso ser igreja e prestar culto à Deus todos os dias, não só na frente de um possível público. Conhecer à Deus é diferente de ser conhecido por Ele.

O crente papagaio pode ser uma boa pessoa, mas isso não é o bastante. É necessário arrependimento e quebrantamento. Não sabemos o dia e a hora da vinda de Jesus, portanto, não é tempo de aparências, mas sim de consciência e santificação. (Hebreus 12:14)

A hora é de decisão, quente ou frio, pois o morno Deus vomita. (Apocalipse 3:15-16)

Autor: Ana Lucia Salles

Navegação de Post Único

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: